Página 2 de 11 PrimeiroPrimeiro 123456 ... ÚltimoÚltimo
Resultados 41 a 80 de 436

Tópico: Mais uma Viagem ao Atacama

  1. #41
    Avatar de ErnaniJoppert

    Data de Ingresso
    11/2015
    Localização
    São Paulo / SP
    Moto
    Tiger 800 XCx
    Marca
    Triumph
    Ano
    2015
    Posts
    128
    Belos relatos e um excelente estudo, por acaso não considerou uma barraca no caso de emergência e dificuldade em hospedagens? Eu amo acampar, mas, fiz isso há um bom tempo atrás, não sei como é a segurança de acampar no meio do nada, mas, seria um relato interessante de ouvir de alguém aqui. Hoje em dia barracas são bem leves e os equipamentos adicionais, tbm. Será que vale a pena este excesso de bagagem?
    Vou acompanhar cada detalhe da sua viagem pois pra mim esse tipo de viagem é um sonho, e, para encarar é preciso bastante espírito aventureiro, que, é fácil de dizer e achar possível, difícil é criar coragem e encarar.

    Seria legal tbm se vc puder manter um log de despesas financeiras, isso daria um ganho enorme pessoalmente pra mim que não tenho noção alguma de custos sobre este tipo de viagem!

    Abraço e uma ótima viagem pra ti!

    Se puder compartilhar o link do Spot GEN com a gente, seria bem legal tbm.

    Mantenha contato, e, no caso de emergências, use o whatsapp do grupo, e, meu telefone também estará pronto pra ajudar em qualquer ocasião!

  2. #42
    Avatar de LLM

    Data de Ingresso
    08/2015
    Localização
    Santa Rita do Sapucaí / MG
    Moto
    Tiger Explorer XCx
    Marca
    Triumph
    Ano
    2017
    Posts
    1.599
    Grande @ErnaniJoppert, minha esposa e eu amamos acampar. Já fizemos isso diversas vezes de moto. As últimas foram Capitolio, Joanopolis e Lapinha da Serra. As próximas serão Ilhabela, Lima Duarte, Canastra,... a lista continua.

    No início do planejamento, minha esposa disse que só iria me encontrar em San Pedro e levar a barraca estava nos planos. Eu iria fazer algo bem aventureiro mesmo, do tipo acampar em lugares ermos e tentar me virar sozinho com o mínimo. Até comprei esse livro para ter conhecimento sobre uma arte anciã e hoje esquecida (https://www.amazon.com/How-Shit-Wood.../dp/1580083633).

    Mas quando a minha esposa decidiu encarar todo o projeto, tive que alterar essa parte do plano. Acampar demanda um certo nível de conforto mínimo, que vai além da barraca.
    Você precisa de três coisas, no mínimo:
    1 - uma barraca boa e leve. Tenho uma excelente para duas pessoas.
    2 - colchão inflável e bomba para enchê-lo.
    3 - sacos de dormir para temperatura de conforto a partir de -5C para mulher e -1C para homens.
    Esses três itens demandam um espaço considerável de bagagem, que seria muito difícil acomodar com os itens que já estou levando. Então, desta vez não será possível para mim.
    Mas se alguém for viajar sozinho e tem esse perfil de se comunicar tentar conseguir. pouco conforto, então levar uma barraca e os apetrechos satélites é algo a ser considerado, sem dúvida.

    Qualquer to a planilha, eu tenho uma bem completa com as minhas estimativas e gastos com acessórios, hospedagem, alimentação e combustível nos três países. Vou ver se consigo colocar ela no Google Drive e compartilho aqui.



    Enviado do meu iPad usando Tapatalk

  3. #43
    Avatar de Neander Carvalho

    Data de Ingresso
    11/2013
    Localização
    Arraial do Cabo / RJ
    Moto
    Tiger Explorer XC
    Marca
    Triumph
    Ano
    2015
    Posts
    895
    LLM, com relação aos passeios eu preferi fazê-los com as diversas empresas que você vai encontrar facilmente em SPA e poupar a moto. Alguns passeios como o Vale da Lua dá pra fazer de moto sem problemas mas até sua banda vai querer um descanso e esse passeio é barato.

    Passeios:
    Vale da Lua- Muito legal e o visual do por do sol é espetacular. Pode fazer no primeiro dia pois não é demorado e não cansa muito. Lente grande angular e Zoom.
    Geisers del Tatio- Pra esse tem que acordar de madrugada e lá em cima vai estar muito frio. Quando eu fui estava -2 graus e foi esquentando com o dia. Leve uma sunga e não deixe de tomar um banho no lago térmico, leve toalha para se secar depois. Lente médio angular 35 a 50 mm.
    Lagunas Altiplanicas- Trageto meio longo mas vale muito a pena. O lugar é lindo e não precisa andar muito. Aproveite para fazer este e o Salar do Atacama no mesmo dia pois é quase caminho (mas a própria agência de turismo vai te oferecer isso). Lente grande angular e faça fotos panorâmicas com o celular.
    Salar do Atacama- Não esqueça dos óculos de sol como eu fiz. Sem óculos de sol nem adianta ir pois a claridade é tão grande que vai machucar seus olhos, mas o lugar é fabuloso e vai avistar Flamingos, por isso leve sua lente Zoom e uma Grande angular.
    Termas Puritama- Deixe para o último dia, para relaxar... Água quente e lugar fabuloso. Leve sua Gopro.

    Esses foram os passeios que fiz, mas existe ainda a opção da Laguna Cejar que agora está sendo limitada a quantidade de pessoas e está muito cara. Infelizmente parece que haviam pessoas entrando com cremes corporais e protetor solar na água e estava contaminando o lugar.

    Qualquer outra dúvida é só falar.

    Importante observação: Levei minha 80-200mm para o Pantanal e a lente desmontou por causa da vibração do offroad, então considere esse problema caso vá fazer muito offroad ou coloque o equipamento em uma embalagem muito macia para não danificar seu equipamento.
    Mais importante do que alcançar o objetivo é aprender as lições que o caminho até ele ensina.

  4. #44
    Avatar de Neander Carvalho

    Data de Ingresso
    11/2013
    Localização
    Arraial do Cabo / RJ
    Moto
    Tiger Explorer XC
    Marca
    Triumph
    Ano
    2015
    Posts
    895
    Com relação à equipamento hoje só levo a máquina é uma lente coringa que no meu caso é minha 18-105mm. Pense no caso.
    Mais importante do que alcançar o objetivo é aprender as lições que o caminho até ele ensina.

  5. #45
    Avatar de LLM

    Data de Ingresso
    08/2015
    Localização
    Santa Rita do Sapucaí / MG
    Moto
    Tiger Explorer XCx
    Marca
    Triumph
    Ano
    2017
    Posts
    1.599
    Neander, suas sugestões e descrições dos passeios são fantásticas. Ainda mais com a consultoria das lentes! Demais!

    A sua 80-200 que desmontou é a Nikor 80-200mm f2.8 ED antiga, que parece um cano de disparo de tanque de guerra? Eu tenho uma dessas e a lente me parece indestrutível, mas muito pesada para esse passeio.
    Eu tenho uma 24-70mm f2.8, mas essa lente é muito cara. Vou levar três primárias para garantir qualidade quando necessário (14, 35 e 50) mas as kits 18-55 e 55-200 serão os cavalos de guerra.
    As lentes irão junto com as roupas e acredito que estarão à salvo, mas vou tomar cuidado extra, conforme sugeriu.

    Seria bom ter uma lente com faixa de zoom maior, como a que você mencionou, mas este não é o meu caso... Tenho que me virar com as kits ou com as profissionais parancobrir a faixa de grande angular a tele.

    Enviado de meu LG-H815 usando Tapatalk

  6. #46
    Avatar de Neander Carvalho

    Data de Ingresso
    11/2013
    Localização
    Arraial do Cabo / RJ
    Moto
    Tiger Explorer XC
    Marca
    Triumph
    Ano
    2015
    Posts
    895
    Eu particularmente acho que a 24-70 deveria ficar em casa kkkk. Muito dinheiro envolvido. A minha lente que desmontou foi a Nikon 80-200 2.8 do último modelo (não é a punheteira mas é a antiga mesmo), mas levei no centro da cidade e concertaram pra mim. A não ser que vá fazer fotos para a National Geografic eu só levaria as 18-55 e a 55-200 Rsrsrsr. Quanto menos peso e volume melhor pois sua esposa vai querer comprar um monte de bugingangas lá em SPA.
    Eu tive que trazer duas luminárias de teto em cima do alforge kkkkk.
    Mais uma dica é se for fazer o Trageto de Salta para SPA tente ficar um dia em Tilcara, fica no pé dos Andes e tem todo um clima culturalmente andino na cidade e tem uma feirinha no centro com muitas coisas legais e bem baratas kkkk. Haja alforge!!!!
    Mais importante do que alcançar o objetivo é aprender as lições que o caminho até ele ensina.

  7. #47
    Avatar de luizhenriquejp

    Data de Ingresso
    04/2016
    Localização
    Rio de Janeiro / RJ
    Moto
    NC700X
    Marca
    Honda
    Ano
    2014
    Posts
    242
    Citação Postado originalmente por LLM Ver Post
    Viagem para o Atacama: Coleção de Informações


    Depois de algum (muito) tempo de preparação, irei realizar a viagem que muitos amigos aqui do PTB já fizeram: irei com a minha esposa para o Deserto do Atacama no Chile de moto. Como vocês já devem imaginar, as pessoas que não andam de moto não conseguem entender por que nós fazemos essas coisas. Mas eu não preciso explicar as motivações para vocês aqui do portal.

    Eu comecei o planejamento desta viagem imaginando que esta seria uma verdadeira expedição, um "projeto". Depois de ler os relatos dos amigos aqui do fórum ficou bem claro que não há nenhum mistério e que, na verdade, essa baita viagem nada mais é do que um conjunto de viagens convencionais, como aqueles bate-e-volta longos que fazemos nos finais de semana. Muita gente vai e volta para o Atacama sem muita preocupação ou preparação, e tudo corre bem. Eu já so mais conservador e prefiro viajar com um pouco mais de recursos, para que aquela coisinha à toa que venha acontecer na estrada não se torne uma dor de cabeça enorme, que venha até mesmo estragar a viagem.

    A ideia deste post é servir de repositório para as informações que coletei aqui no portal, nos vídeos do Youtube, blogs, entrevistas e dicas que recebi pessoalmente dos colegas. No fim das contas, vou fazer chover no molhado. Todo o conteúdo deste post está facilmente disponível em vários lugares. Mas como o que abunda não prejudica, vamos lá.

    Eu vou separar o post em diferentes seções, de modo que as informações fiquem mais organizadas. Assim, um eventual leitor pode pular direto para a parte de seu interesse, sem ter que ler todas as outras coisas sobre as quais já tenha conhecimento.

    Apenas para esclarecer, os links que vocês irão encontrar abaixo são apena referências para os produtos e serviços que estou utilizando. Não há garantia de menor preço, compatibilidade com as suas necessidades ou sua moto e não tenho nada a ver com os vendedores e ou prestadores de serviço. Aconselho a fazer uma pesquisa sobre cada item, utilizando as listas abaixo como ponto de partida.

    1. O itinerário
    Meu objetivo primordial é visitar o Atacama novamente. Eu já fui para lá, mas de avião. As cores, formas, animais, lagoas, montanhas, vegetação e céu foram tão marcantes que eu havia prometido para a minha esposa levá-la naquele lugar mágico novamente. E iremos fazer isso de moto.
    É claro que, numa viagem de moto, o destino é um detalhe. O que importa é o percurso e eu gostaria de fazer um bom proveito desses quase 10 mil km de passeio. Vou aproveitar a viagem para visitar um grande amigo em Santiago do Chile e isso definiu o sentido da rota: vou primeiro ao Atacama e depois desço para Santiago, pois esse meu amigo somente poderá me receber na segunda mentada da viagem. O mapa abaixo mostra o percurso que pretendo realizar na ida, incluindo as cidades onde devo pernoitar.



    O trajeto da ida está bem estável. Estou com uma dúvida se pego a Ruta 89 desde o começo, na interseção com a Ruta 11 (como está no mapa), ou se chego na Ruta 89 através da Ruta 16, passando por Campo Largo. A diferença é o trecho de terra inicial da Ruta 89 entre a Ruta 11 e Gen. Pinedo (minha esposa está implorando para irmos pelo asfalto).

    Já o mapa para a segunda metade da viagem está aqui.



    O trajeto de Córdoba até a Serra do Rio do Rastro está um tanto nebuloso para mim ainda. Certamente eu não irei pousar em Santa Maria, mas sim numa cidadezinha de descentes de alemães que fica ali do lado. Eu esqueci o nome da cidade, mas assim que eu lembrar, eu atualizarei o post. Também não sei se investirei algum tempo na região dos cânions do Rio Grade do Sul. Não precisam me dizer que vale muito a pena! É justamente por isso que talvez eu reserve esse lugar para uma viagem específica, de modo que eu possa aproveitar a região de forma apropriada.

    Já li vários relatos sobre as complicações em termos de tempo para cruzar a fronteira por Uruguaiana. Muitos recomendam fazer isso em São Borja. Mas se eu fizer isso, terei que dar uma volta razoável para chegar nesta cidade nos arredores de Santa Maria. Esse é um ponto ainda em aberto na minha agenda.

    Bom, o resumo do itinerário até o momento, com os tempos para percorrer cada trecho e as respectivas distâncias estão na tabela abaixo.



    2. Acessórios para a moto
    A minha moto é uma Tiger 800 XCa, que já vem com uma série de penduricalhos e acessórios que julgo serem bastante úteis para esse tipo de passeio. Além disso, coloquei alguns acessórios e troquei outros. Os mais importantes eu vou listar a seguir.

    a. Farol de neblina: esse item é bem importante, pois ajuda muito outros motoristas e pedestres a verem a moto. É comum as pessoas “olharem” para a moto, mas não “verem” a moto. Em locais onde há circulação de motos de baixa velocidade, é comum os demais motoristas menosprezarem nossa velocidade de deslocamento. Eles veem uma moto vindo, acham que ela está a 60 km/h e não têm dúvida em realizar uma ultrapassagem. O problema é que nós não andamos a 60 km/h, e isso pode ser problema. As luzes auxiliares chamam a atenção e a pessoa no outro sentido suspeita do que está vindo. Isso pode inibir ultrapassagens indevidas. É claro, as luzes auxiliares também ajudam muito na iluminação durante a noite, principalmente nas regiões próximas da moto e nas laterais. Isso pode ajudar o piloto a enxergar um animal ou pessoa no acostamento, permitindo reagir de forma adequada. Eu não pretendo circular com a moto de noite, mas se precisar por algum motivo, fico grato em saber que as luzes auxiliares estão ali.

    b. Protetor de motor: esse é um daqueles itens para deixar a mente mais tranquila e aumentar a confiança. Em caso de tombos bobos, já sei que a parte debaixo do motor está protegida.

    c. Protetor de carenagem: o protetor de motor da Tiger 800 XCx/XCa só protege o motor mesmo. As carenagens do tanque ficam expostas (na verdade, estas carenagens são os protetores do tanque e custam barato na Europa e EUA, mas aqui o preço é um absurdo) e qualquer queda pode danificá-las. Eu estou usando o protetor da Hepco&Becker, eu importei da Alemanha neste site.

    d. Bolha com defletor: a bolha original da Tiger fazia com que o vento batesse na altura do meu pescoço (tenho 1,85m de altura), o que causava muito desconforto, além de inviabilizar a conversa com a minha esposa através do intercomunicador. Eu troquei a bolha original pela Airflow a GIVI e o resultado foi espetacular. Muito mais conforto na pilotagem, sem nenhum vento forte para incomodar, em qualquer velocidade. Isso também facilitou a operação do comunicador e da câmera que levo no capacete (o vento antes empurrava a minha mão).

    e. Suporte para GPS: a XCa vem com um suporte de GPS na barra de direção, mas a posição deixa a tela muito exposta ao sol, o que dificulta a visualização. Eu já utilizava uma solução muito boa minha ex- Tiger XCx, que consiste em colocar o suporte da TEX antiga preso na barra da bolha, passando por cima do painel de instrumentos. A única adaptação necessária é colocar um anel de metal ao redor desta barra para aumentar um pouco a espessura. O resultado é perfeito: o GPS fica de frente para o piloto e apenas o sol bem atrás de você causa um reflexo que dificulta visualizar o percurso.

    f. Pré-filtro de ar Unifilter: o pré-filtro de ar impede que grande parte da sujeira chegue até o filtro de papel. Como a troca de filtro na Tiger ocorre aos 20 mil km (o que eu acho muito, principalmente para quem anda na terra), eu coloquei o pré-filtro da Unifilter para evitar problemas. De fato, estou levando mais um de reserva, pois assim eu posso trocar depois de 5 mil km, sem ter que limpar e passar óleo no filtro na estrada.

    g. Aquecedor de manoplas e de banco: são mimos a mais. Não sei se eu instalaria esses acessórios na moto, mas como ela já tem, eu agradeço.

    h. Piloto automático: isso é algo muito bom. Treinei longos trechos de viagem em fins de semana e cheguei a fazer bate-e-volta de 900 km num dia. Ter o piloto automático na moto ajuda demais. A possibilidade de descansar o punho e o braço de vez em quando, além de liberar a mão para, por exemplo, ligar a câmera, é algo que eu considero muito útil em viagens mais longas. Sinceramente, eu não gosto daquelas soluções que prendem o acelerador, por achar muito inseguro. Eu já vi um aqui no fórum que desarma quando pressiona o freio dianteiro. Esse aí até que vai.

    i. Pneus: depois de muito pesquisar, ponderar, ler e conversar com outras pessoas, optei pelos pneus Heidenau Scout K60, que comprei aqui na loja do portal. Aliás, fica aqui o agradecimento ao @Leon, que me ajudou muito no processo de compra. Os fatores que me levaram a escolher esses pneus foram durabilidade, desempenho no off-road e resistência das bandas laterais. Ainda não está claro o quanto vou andar na terra, por causa das restrições impostas pela minha esposa, mas eu não quero me ver limitado pela moto, caso surja a oportunidade de fazer uma aventura mais radical.

    j. Câmaras: eu optei por colocar a câmara Michelin 4mm na roda dianteira, com vacina, pra reduzir virtualmente para zero as chances de ter o pneu dianteiro furado. Não existe câmara traseira grossa nas medidas da roda traseira da Tiger. Então, eu vou utilizar a câmara original mesmo, com vacina. A câmara dianteira original, que já está com a vacina, vai servir como reserva (vai ser precavido assim na casa do chapéu). Também comprei uma câmara traseira da Pirelli para servir como reserva.

    Bom, isso aí é o que está instalado na moto. Vamos ver agora algumas coisas que estou levando em caso de problemas.

    3. Itens de manutenção e prevenção.
    Além dos acessórios que instalei na moto, estou levando mais algumas coisas que servirão para realizar a manutenção da moto ao longo do percurso, e também que poderão ser úteis em caso de pequenas panes ou problemas.

    a. Motul C4: para lubrificação da corrente: estou levando um tubo, que espero que seja suficiente para a viagem. Estou na dúvida se arrumo um segundo já e uma vez, mas estou dependendo de espaço na mala lateral que estou dedicando para a moto.

    b. Escova para limpeza da corrente.

    c. WD-40: para tudo!

    d. 500ml de querosene.

    e. 500 ml de Motul Motocool.

    f. 500 ml de óleo Castrol Racing 10W40.

    g. Filtro de óleo: embora eu vá fazer a revisão de 10 mil km antes da viagem, eu pretendo trocar o óleo da moto em Santiago. Como já tenho o filtro original aqui em casa, vou levá-lo para essa troca intermediária.

    h. Dois tubos de reparadores de pneu Motul.

    i. Compressor de ar: eu removi a capa plástica.

    j. Adaptador de tomada DIN para tomada de acendedor de cigarro convencional

    k. 2 carregadores DIN – USB

    l. Pré-filtro de ar: esse é o de reserva.

    m. Kit de ferramentas: com chaves de fenda, Philips, aquelas pontas todas que só o @Tmachado sabe os nomes, kit de chave de boca, kit de ferramentas original da moto.

    n. Lanterna de cabeça

    o. Galão de gasolina No-spill de 5 litros: para o caso de precisar daqueles kms extras de autonomia durante a viagem.

    p. Chave reserva da moto.

    q. Cordas, elásticos, enforca-gatos, arame e fitas adesivas.

    r. Luvas para mecânicos.

    4. Navegação
    Eu já mencionei o suporte para o GPS. Para a navegação em si eu utilizo o excelente Multilaser GP040, que custa pouco comparado com as marcas premiums, mas funcional espetacularmente bem. Ele vem com um navegador simples, porém muito completo, da Sygic. Esse navegador original possui os mapas do Brasil, Chile e Argentina. Eu usei o programa original algumas vezes, sem nenhum problema. Coloquei o IGO Primo com os mapas da TOMTOM e HERE para a América Latina e também instalei o Garmin XT com os mapas do TrackSource e do Projeto Mapear. Além disso, eu tenho o Sygic no meu telefone com os mapas do Brasil, Argentina, Chile e Uruguai. Não estou considerando levar mapas de papel, a não ser os mapas do roteiro que fiz no Maps. Já mapeei todos os trechos que irei rodar em princípio e salvei as rotas no dispositivo.

    5. Acessórios para piloto e garupa
    Estes são os itens tornam as coisas mais confortáveis para piloto e garupa durante a viagem.

    a. Capacete com viseira solar interna: ajuda muito, principalmente para quem usa óculos de grau.

    b. Intercomunicador: essencial para uma boa comunicação, ouvir o GPS e também para músicas. Eu uso o Sena 20s e acho esse aparelho fantástico. A qualidade do som é muito boa, o alcance entre as unidades é enorme e o intercomunicador se conecta com o GPS, dois telefones e com a outra unidade do intercomunicador, sem problema algum. O controle e seleção da parafernália toda não é muito intuitivo, mas depois de algum tempo, pega-se o jeito, ou não...

    c. Banco de baterias com saída USB: caso precise carregar o celular, intercomunicador ou câmera em lugar sem energia.

    6. Equipamento de segurança para piloto e garupa.
    Aqui nós utilizamos todos os itens de praxe. Luvas, jaqueta e calça de cordura para verão, forros das jaquetas, segunda pele para verão, protetor de coluna, luvas impermeáveis, botas impermeáveis.
    Além disso, nós temos o Spot Gen3 no plano básico e os seguros da GEOS para piloto e garupa.

    7. Documentação
    Aqui, novamente o que é de praxe:

    a. Passaporte: eu sempre viajo com o passaporte para o exterior. Nunca se sabe quando será necessário ir para algum canto qualquer...

    b. RG: vai que eu perco o passaporte.

    c. Carteira de motorista.

    d. Carta-verde: seguro para terceiros equivalente ao nosso DPVAT necessário para rodar na Argentina. Estou usando o Plano A por recomendação do corretor.

    e. SOAPEX: seguro para terceiros equivalente ao nosso DPVAT necessário para rodar no Chile.

    f. Documento da moto em meu nome, já com os comprovantes de pagamento de IPVA e DPVAT 2017: cuidado com os casos em que a moto esta em nome de terceiros ou de instituições financeiras. É necessária uma autorização por escrito, reconhecida pelas autoridades competentes dos países em que você irá passar. Pesquise mais sobre o assunto se você estiver nesta situação.

    g. Seguro saúde internacional: válido pelo período da viagem em solo estrangeiro.

    h. Comprovantes do seguro da GEOS.

    8. Aquisição de imagem

    Eu sou tão apaixonado por fotografia quanto sou por motociclismo. Então, vou levar um conjunto que é uma boa relação de compromisso entre peso e qualidade de imagem. A minha lista é a seguinte:

    a. Nikon D5100:com as lentes prmárias de 14mm, 35mm e 50mm e zooms dee 18-55mm e 55-200mm com bateria extra.

    b. Olympus TG-4, que a minha esposa vai usar para tirar fotos na moto.

    c. Firefly 6s: essa vai no meu capacete. Tenho que fazer um parênteses sobre esta camerazinha. Eu fiquei realmente impressionado com a qualidade do vídeo que essa coisinha é capaz de fazer. O sistema de estabilização de imagem funciona muito bem e eu consigo capturar imagens com excelente qualidade, sem trepidação e ótima resolução. Para aqueles interessados em comprar uma câmera que produza resultados de imagem de alta qualidade a um custo relativamente baixo, esta é uma excelente opção.

    9. Malas
    Para levar toda essa tralha eu vou utilizar o top case e os baús laterais. O top case possui 35 litros de capacidade. As malas laterais possuem 62 litros de capacidade conjunta. O galão de combustível vai ser transportado sobre a mala lateral esquerda e uma pequena maleta de mão contendo as capas de chuvas, chinelos e outras coisas que não precisam de proteção de água, vai ser acondicionada sobre a mala direita. Por fim, vou usar uma mala de tanque da Tutto que também vira uma mochila. Há um detalhe aqui: é importante proteger o tanque para que essa mala não cause marcas no verniz da pintura (causei essas marcas ao usar essa mala na minha ex XCx). O segredo é limpar bem o tanque e cobri-lo com aquela película de PVC usada para embalar mantimentos. Eu também uso uma toalha de microfibra entre o tanque a mala, por cima deste plástico, para reduzir o atrito. Não tive mais problemas com essa abordagem.

    Até o momento, é isso aí. Irei atualizar o post à medida que eu vá lembrando mais detalhes.
    Espero que as informações sejam úteis.
    Llm, talvez eu não tenha lido corretamente toda sua lista de itens, mas eu sugiro que vc leve 1 lâmpada reserva para o farol e uma para a lanterna traseira. Imagina vc a noite e queima a luz do farol. Já era! E mesmo para a lanterna. Ninguém o avisará vindo de trás, sem falar na possibilidade de ser multado. Elas ocupam pouquíssimo espaço. Acrescentando: verifique como substituí-las. Na minha Nc eu fui trocar a luz da lanterna e a substituição não está descrita no manual e não é nada trivial. Precisei ir à uma Cc.

    Enviado de meu Sony Xperia

  8. #48
    Avatar de ErnaniJoppert

    Data de Ingresso
    11/2015
    Localização
    São Paulo / SP
    Moto
    Tiger 800 XCx
    Marca
    Triumph
    Ano
    2015
    Posts
    128
    Realmente, não tinha pensado neste detalhe, imagine ficar sem farol e sem lanterna no meio do nada? Deve bater um belo desespero...

  9. #49
    Avatar de luizhenriquejp

    Data de Ingresso
    04/2016
    Localização
    Rio de Janeiro / RJ
    Moto
    NC700X
    Marca
    Honda
    Ano
    2014
    Posts
    242
    Citação Postado originalmente por ErnaniJoppert Ver Post
    Realmente, não tinha pensado neste detalhe, imagine ficar sem farol e sem lanterna no meio do nada? Deve bater um belo desespero...
    Com carro coalho dá até para seguir, mas com a moto...Um breu, nem com lua cheia. A propósito: eu levaria leve pelo menos um fusível de reserva de cada tipo, caso já não tenha na caixa de fusíveis. Vai que não é a lâmpada, mas o fusível. Abs

    Enviado de meu Sony Xperia

  10. #50
    Avatar de luizhenriquejp

    Data de Ingresso
    04/2016
    Localização
    Rio de Janeiro / RJ
    Moto
    NC700X
    Marca
    Honda
    Ano
    2014
    Posts
    242
    Citação Postado originalmente por luizhenriquejp Ver Post
    Com carro coalho dá até para seguir, mas com a moto...Um breu, nem com lua cheia. A propósito: eu levaria leve pelo menos um fusível de reserva de cada tipo, caso já não tenha na caixa de fusíveis. Vai que não é a lâmpada, mas o fusível. Abs

    Enviado de meu Sony Xperia
    Carro "caolho" e não "coalho"!!! Rsrs este corretor..


    Enviado de meu Sony Xperia

  11. #51
    Avatar de Gustavo Teixeira

    Data de Ingresso
    05/2015
    Localização
    Salto / SP
    Moto
    Tiger XCX
    Marca
    Triumph
    Ano
    2015
    Posts
    895
    A tiger tem duas lâmpadas, se queimar uma fica caolha tbem.

    Enviado de meu XT1572 usando Tapatalk

  12. #52
    Avatar de LLM

    Data de Ingresso
    08/2015
    Localização
    Santa Rita do Sapucaí / MG
    Moto
    Tiger Explorer XCx
    Marca
    Triumph
    Ano
    2017
    Posts
    1.599
    Essa dica das lâmpadas é muito boa! Teve um relato de um colega nosso que teve as duas lâmpadas dianteiras queimadas. É bom mesmo ter isso na bagagem.

    Enviado de meu LG-H815 usando Tapatalk

  13. #53
    Avatar de ErnaniJoppert

    Data de Ingresso
    11/2015
    Localização
    São Paulo / SP
    Moto
    Tiger 800 XCx
    Marca
    Triumph
    Ano
    2015
    Posts
    128
    Estas dicas dos fusíveis e lâmpadas aí são mto boas, acho que o que o @luizhenriquejp quis dizer é que com farol baixo a moto fica sem farol, teria que usar o alto e isso pode incomodar dependendo do caso.

    Eu mesmo passei por isso na estrada, mas, com farol baixo, um maluco com uma caminhonete indo pela Anhanguera, por volta de umas 22hs quase me joga fora da estrada pelo fato de eu estar com o farol desregulado, tinha lâmpada Super Branca na T250 e o cara quis me machucar, um baita maluco, mas, depois disso, sempre quis ter uma moto mais potente pra fugir de casos assim e andar com os faróis bem regulados!

  14. #54
    Avatar de LLM

    Data de Ingresso
    08/2015
    Localização
    Santa Rita do Sapucaí / MG
    Moto
    Tiger Explorer XCx
    Marca
    Triumph
    Ano
    2017
    Posts
    1.599
    Moto revisada em cortesia em função da dor de cabeça que tive quando tirei ela zero.



    O técnico elogiou o fato de eu estar usando o pré filtro. A caixa de ar estava muito limpa e ele me disse que o filtro estava praticamente novo.

    Mencionei o fato dela ter baixado um pouco o óleo e ele me recomendou usar o 10w50, principalmente por que está muito quente para o 10w40. Ele me garantiu que não vai baixar mais, mas mesmo assim me deu 500 ml para eu levar no lugar do 10w40 que eu já estava levando.

    Perguntei dos fusíveis e o técnico disse que é bobagem, pois é muito difícil queimar. As lâmpadas funcionam em par, ou seja, farol alto e farol baixo nas duas lâmpadas. Então, se queimar uma, a outra está funcionando. A lâmpada é comum e muito fácil de trocar. Ele sugeriu não comprar reserva e verificar sempre ao sair. Se tiver queimada alguma, basta comprar em qualquer posto. Vou seguir a sugestão do técnico.

    Reclamei do barulhos na válvulas e eles fizeram o ajuste. Melhorou só um pouco, o tec tec tec está lá, como sempre. Eu reclamei só para não perder o costume de ser chato.

    A minha avaliação da concessionária é positiva. Bom atendimento, rápidos, atenciosos, como era de se esperar.

    A moto está muito redonda. Baixei um pouco a pressão dos pneus. Dianteiro está com 33 e o traseiro com 39. A rodagem está bem mais macia.

    Chegando nos finalmentes para a viagem...

    Enviado de meu LG-H815 usando Tapatalk

  15. #55
    Avatar de luizhenriquejp

    Data de Ingresso
    04/2016
    Localização
    Rio de Janeiro / RJ
    Moto
    NC700X
    Marca
    Honda
    Ano
    2014
    Posts
    242
    LLM, muito boa está do farol alto e baixo funcionarem nos dois faróis. O risco está mitigado. Vou sugerir mais uma coisa que me foi sugerida aqui no Pbt pelo Alexandre e que adotei para meu dia-a-dia: Protetor auricular da 3M. Rapaz, ele reduz muito o barulho do vento e do ambiente sem prejudicar a concentração e audição de comunicadores. Na estrada reduzirá o cansaço causado pelo barulho. Para mim, parece que estou deslizando pelo asfalto com minha NC. No início vc pode estranhar um pouco, mas os benefícios são imediatos: dá mais prazer de pilotar, estabiliza o som dentro do capacete, relaxa a mente. Ouso a dizer que você pode andar mais Km por dia por reduzir o cansaço causado pelo barulho. Na minha opinião vale muito a pena experimentar, e custa míseros R$6,00.
    De resto, parabéns pelo planejamento, pela viagem. E manda foto pra cá.

    Enviado de meu Sony Xperia

  16. #56
    Avatar de Eduardo Caborteiro

    Data de Ingresso
    03/2014
    Localização
    Porto Alegre / RS
    Moto
    DL 650 V-Strom
    Marca
    Zuzuki
    Ano
    17/18
    Posts
    3.252
    1 - Eu entraria por São Borja, minha mulher é de lá, seguido vamos para lá, é rápido pq a ponte internacional passa ao lado da cidade não entrando nela e a aduana é muito mais vazia do que Uruguaiana.

    2 - Acampar é muito bom, mas nessa viagem não creio ter muitos lugares decentes e seguros para acampar e, com garupa, é muita tralha para se levar mesmo. Daria 1 ou 2 noites acampando então não compensa levar o kit (barraca + colchão + bomba + 2 sacos de dormir)
    Última edição por Eduardo Caborteiro; 19/12/2016 às 02:56 PM.
    sou ninja

  17. #57
    Avatar de ErnaniJoppert

    Data de Ingresso
    11/2015
    Localização
    São Paulo / SP
    Moto
    Tiger 800 XCx
    Marca
    Triumph
    Ano
    2015
    Posts
    128
    Só uma coisa, a bomba de encher pneu serve tbm pra encher o colchão de ar, não?
    Concordo que seria tralha demais, pra poder ir e acampar tem que ser algo mais light e com mais tempo de sobra, coisa que nós, ainda assalariados não temos como fazer pois as férias são limitadas a 30 dias e olhe lá.

    Obrigado pelas respostas!

  18. #58
    Avatar de Eduardo Caborteiro

    Data de Ingresso
    03/2014
    Localização
    Porto Alegre / RS
    Moto
    DL 650 V-Strom
    Marca
    Zuzuki
    Ano
    17/18
    Posts
    3.252
    1 - não serve

    2 - armar/desarmar a barraca para quem está acostumado entre 2 pessoas é questão de 10 minutos enchendo o colchão e tudo. Logo, é algo que não te toma tempo considerável. Mas o hotel traz muito mais conforto em uma viagem desgastante.
    sou ninja

  19. #59
    Avatar de LLM

    Data de Ingresso
    08/2015
    Localização
    Santa Rita do Sapucaí / MG
    Moto
    Tiger Explorer XCx
    Marca
    Triumph
    Ano
    2017
    Posts
    1.599
    Citação Postado originalmente por luizhenriquejp Ver Post
    ou sugerir mais uma coisa que me foi sugerida aqui no Pbt pelo Alexandre e que adotei para meu dia-a-dia: Protetor auricular da 3M.
    Olá Luiz. sua ótima sugestão já está acatada. Usei o protetor já na viagem de São José dos Campos para santa Rita e o o conforto foi muito maior. Só precisei aumentar mais o intercomunicador para conseguir ouvir a minha esposa claramente.
    Valeu pela ótima a dica.



    Enviado do meu iPad usando Tapatalk

  20. #60
    Avatar de LLM

    Data de Ingresso
    08/2015
    Localização
    Santa Rita do Sapucaí / MG
    Moto
    Tiger Explorer XCx
    Marca
    Triumph
    Ano
    2017
    Posts
    1.599

    Mais uma Viagem ao Atacama

    Citação Postado originalmente por Eduardo Caborteiro Ver Post
    1 - Eu entraria por São Borja, minha mulher é de lá, seguido vamos para lá, é rápido pq a ponte internacional passa ao lado da cidade não entrando nela e a aduana é muito mais vazia do que Uruguaiana.
    Pois é Eduardo. Eu recebi fortes recomendações para visitar Faxina do Soturno e São João do Polesine, próximos de Santa Maria.
    Mas estou achamdo que vou acatar a sua sugestão e visitar a região de São Miguel das Missões. Assim evito os transtornos de Uruguaiana e entro no Brasil por São Borja.

    Citação Postado originalmente por Eduardo Caborteiro Ver Post
    2 - Acampar é muito bom, mas nessa viagem não creio ter muitos lugares decentes e seguros para acampar e, com garupa, é muita tralha para se levar mesmo. Daria 1 ou 2 noites acampando então não compensa levar o kit (barraca + colchão + bomba + 2 sacos de dormir)
    Concordo plenamente! Para acampar, a viagem tem que ter isso como objetivo e, ao meu ver, não poderia ser uma viagem longa e desgastante.


    Enviado do meu iPad usando Tapatalk

  21. #61
    Avatar de Alessandro_D

    Data de Ingresso
    03/2016
    Localização
    São Paulo / SP
    Moto
    R1200 GS Adventure
    Marca
    BMW
    Ano
    2012
    Posts
    39
    LLM,
    Passei a acompanhar a sua trip depois de ler o tópico. Fiquei impressionado com o grau de detalhamento do seu plano de viagem: parabéns! Certamente vai ajudar muitos outros que queiram conhecer a região. Em 2014 fiz um roteiro parecido com o seu, só que incluímos o Uruguai (Punta e Sacramento), na ida, voltando por onde vc está iniciando. Foi show! Viagem inesquecível! Depois de rodar no deserto, de San Pedro, etc, vai ser difícil encontrar paragens mais bacanas. Achei incrível experiência de rodar no deserto, onde no raio do que vc enxerga, vc é o único ser vivo. É vc e o Criador. Incrível. E pelo que vi vc curte fotografia, que tb é um hobby meu. Como diria o Capitão Nascimento (não pra essa finalidade): "solta o dedo" e sem dó. Depois manda pra gente babar aqui! Tirei umas
    Fotos beeem bacanas com uma Canon G12. Com as primes vc vai detonar! Grande abraço!


    Enviado do meu iPhone usando Tapatalk

  22. #62
    Avatar de LLM

    Data de Ingresso
    08/2015
    Localização
    Santa Rita do Sapucaí / MG
    Moto
    Tiger Explorer XCx
    Marca
    Triumph
    Ano
    2017
    Posts
    1.599
    Obrigado @Alessandro_D.
    Minha esposa e eu estamos na expectativa agora, praticamente só esperando a hora chegar. Eu tenho que atualizar o post com mais alguns detalhes que acabei esquecendo de listar, como cardeneta de manutenção e garantia da moto e cópia da apólice de seguro.

    Quanto a fotografia, está é a grande motivação por trás da viagem. Tanto que já estou tentado a lê ar a minha full frame, mas o receio de assaltos ainda me segura um pouco.
    Gostaria muito de tirar umas fotos no nível de National geographic, mas não tenho essa competência toda. Mas prometo que vou dar meu máximo ao tentar.

    Enviado de meu LG-H815 usando Tapatalk

  23. #63
    Avatar de Eduardo Caborteiro

    Data de Ingresso
    03/2014
    Localização
    Porto Alegre / RS
    Moto
    DL 650 V-Strom
    Marca
    Zuzuki
    Ano
    17/18
    Posts
    3.252
    Citação Postado originalmente por LLM Ver Post
    Pois é Eduardo. Eu recebi fortes recomendações para visitar Faxinal do Soturno e São João do Polesine, próximos de Santa Maria.
    Mas estou achando que vou acatar a sua sugestão e visitar a região de São Miguel das Missões. Assim evito os transtornos de Uruguaiana e entro no Brasil por São Borja.

    Enviado do meu iPad usando Tapatalk
    Tchê, não desmerecendo a região (da qual faço parte até), mas numa viagem como a tua eu não perderia tempo lá. Chega a noitinha, dorme, acorda e vai te embora pro Atacama. Aqui acho que podes gostar é da nossa serra.
    Última edição por Eduardo Caborteiro; 20/12/2016 às 08:20 AM.
    sou ninja

  24. #64
    Avatar de rpizzio

    Data de Ingresso
    05/2016
    Localização
    Florianopolis / SC
    Moto
    G650GS
    Marca
    BMW
    Ano
    2016
    Posts
    45
    Excelente post LLM.
    Me permita uma pergunta. Eu quase comprei este GPS que você usa da marca Multilaser, mas fiquei em dúvida. Fala mais sobre ele. Me parece um ótimo custo, mas e o benefício? Vc já viajou com ele e não teve problemas? Obrigado.

  25. #65
    Avatar de LLM

    Data de Ingresso
    08/2015
    Localização
    Santa Rita do Sapucaí / MG
    Moto
    Tiger Explorer XCx
    Marca
    Triumph
    Ano
    2017
    Posts
    1.599
    Citação Postado originalmente por rpizzio Ver Post
    Excelente post LLM.
    Me permita uma pergunta. Eu quase comprei este GPS que você usa da marca Multilaser, mas fiquei em dúvida. Fala mais sobre ele. Me parece um ótimo custo, mas e o benefício? Vc já viajou com ele e não teve problemas? Obrigado.
    Eu já uso esse GPS há 14 meses. Sempre está na moto quando faço viagens, o que é bem frequente. Nunca tive nenhum problema, mesmo durante chuvas torrenciais. Confiável, preciso e bastante versátil por permitir rodar diversos aplicativos distintos.
    Como mencionei, eu uso o Sygic original, IGO com mapas Here e TomTom e Garmin XT com os mapas da tracksource e projeto mapear. Esse último está substituindo o 7 ways, que também funciona muito bem neste GPS.
    O único ponto negativo é a visualização da tela com o sol atrás. Mas se doce utilizar um suporte que deixe o GPS sobre o painel, esse problema praticamente desaparece.
    Este é um aparelho que não tenho receios em recomendar. Os benefícios superam em muito o custo.


    Enviado de meu LG-H815 usando Tapatalk

  26. #66
    Avatar de ErnaniJoppert

    Data de Ingresso
    11/2015
    Localização
    São Paulo / SP
    Moto
    Tiger 800 XCx
    Marca
    Triumph
    Ano
    2015
    Posts
    128
    Acho que a única vantagem dos demais perante este GPS é o lance de ter informações de trânsito ao vivo né? Fora isso ambos são show! Este será o de minha escolha. Abraço!

  27. #67
    Avatar de Edmar

    Data de Ingresso
    08/2015
    Localização
    Florianópolis / SC
    Moto
    V-Strom 650
    Marca
    Suzuki
    Ano
    2016
    Posts
    64
    Muito impressionante o planejamento! Parabéns demais!

    Sobre hotel na Argentina, aconselho (se viável) ligar pra fazer a reserva ao invés de usar o booking. A grande maioria das vezes o preço é menor do que utilizando o aplicativo (isso é muito contraintuitivo pra mim, vai entender ). Aliás, eu sempre compro simcard em todo país que chego. Tenho uma coleção em casa já. :D

    Sobre lubrificação das correntes, já considerou isso? http://www.tutorobrasil.com/

    Em Santiago, há uma loja/oficina de motos chamada Motomundi que recomendo caso você precise (ou mesmo só pra olhar vitrine :D).

    Mendonça merece um diazinho de passeio imho, caso caiba no seu calendário. Finca de La Linda

    Na Argentina, GoPro no capacete faz milagre pra evitar as muitas blitz policiais.

    Sobre os horários de partida, normalmente 6h é o horário que os hotéis começam a servir o café. Entre comer e armar a moto, acho que seria interessante contar com mais tempo pela manhã. Quem sabe dá uma sondada nos hotéis que você separou pra ver o horário de café da manhã deles.

    Vale o ensaio em casa pra embalar e desembalar a moto. Depois de uns 4 dias de viagem você percebe que não precisa tirar tudo, e acaba tirando o mais básico. E isso influencia como você arruma a bagagem.

    Sobre o galão de gasolina extra, tive a infelicidade de, em determinado momento da viagem, abastecer ele com gasolina batizada, que acabou corroendo o engate da tampa e vazando no baú. Só me livrei do cheiro na volta pra casa. Esse posto foi no Brasil (Santo Ângelo). Na Argentina só abasteci no YPF (excelente) e no Chile não tive esse tipo de problema.

    Na dúvida, melhor levar um remedinho pra gripe e febre. E caprichar na vitamina C pra evitar esse percalço.

    Cara, sensacional as dicas que o pessoal está passando! Acho que já me deparei com quase todas as situações que o pessoal listou aqui, desde pneu furado à lâmpada queimada! :D

    E mais uma vez, muitíssimo parabéns pelo planejamento!!! To no hype pra ler os relatos!

    Abs!

  28. #68
    Avatar de Neander Carvalho

    Data de Ingresso
    11/2013
    Localização
    Arraial do Cabo / RJ
    Moto
    Tiger Explorer XC
    Marca
    Triumph
    Ano
    2015
    Posts
    895
    Citação Postado originalmente por LLM Ver Post
    Moto revisada em cortesia em função da dor de cabeça que tive quando tirei ela zero.



    O técnico elogiou o fato de eu estar usando o pré filtro. A caixa de ar estava muito limpa e ele me disse que o filtro estava praticamente novo.

    Mencionei o fato dela ter baixado um pouco o óleo e ele me recomendou usar o 10w50, principalmente por que está muito quente para o 10w40. Ele me garantiu que não vai baixar mais, mas mesmo assim me deu 500 ml para eu levar no lugar do 10w40 que eu já estava levando.

    Perguntei dos fusíveis e o técnico disse que é bobagem, pois é muito difícil queimar. As lâmpadas funcionam em par, ou seja, farol alto e farol baixo nas duas lâmpadas. Então, se queimar uma, a outra está funcionando. A lâmpada é comum e muito fácil de trocar. Ele sugeriu não comprar reserva e verificar sempre ao sair. Se tiver queimada alguma, basta comprar em qualquer posto. Vou seguir a sugestão do técnico.

    Reclamei do barulhos na válvulas e eles fizeram o ajuste. Melhorou só um pouco, o tec tec tec está lá, como sempre. Eu reclamei só para não perder o costume de ser chato.

    A minha avaliação da concessionária é positiva. Bom atendimento, rápidos, atenciosos, como era de se esperar.

    A moto está muito redonda. Baixei um pouco a pressão dos pneus. Dianteiro está com 33 e o traseiro com 39. A rodagem está bem mais macia.

    Chegando nos finalmentes para a viagem...

    Enviado de meu LG-H815 usando Tapatalk

    LLM, comprei um protetor de carenagem igual a esse mas da Chapam e estou ansioso para instalar. Preparando a moto para o Ushuaia!!!
    Mais importante do que alcançar o objetivo é aprender as lições que o caminho até ele ensina.

  29. #69
    Avatar de Neander Carvalho

    Data de Ingresso
    11/2013
    Localização
    Arraial do Cabo / RJ
    Moto
    Tiger Explorer XC
    Marca
    Triumph
    Ano
    2015
    Posts
    895
    LLM, você tem facebook? Vai documentar sua viagem por lá? Se for me fala para eu acompanhar.
    Mais importante do que alcançar o objetivo é aprender as lições que o caminho até ele ensina.

  30. #70
    Avatar de big lu

    Data de Ingresso
    05/2016
    Localização
    porto alegre / RS
    Moto
    tiger 800 xca
    Marca
    triumph
    Ano
    2015-16
    Posts
    29
    LLM...estou saindo de Porto alegre dia 4/1 rumo ao Atacama...vou usar o mesmo gps que vc,porem nao estou conseguindo os mapas da argentina e chile para o IGO...vc poderia me dar uma dica?O sygic ja esta atualizado.

  31. #71
    Avatar de ErnaniJoppert

    Data de Ingresso
    11/2015
    Localização
    São Paulo / SP
    Moto
    Tiger 800 XCx
    Marca
    Triumph
    Ano
    2015
    Posts
    128
    Opa, acabei de ver no post da Daiana que acabou de voltar de lá que a mochila de hidratação é item essencial, então, fica registrado aqui como dica tbm!
    Só espero que não seja tarde!
    Abraço!

  32. #72
    Avatar de LLM

    Data de Ingresso
    08/2015
    Localização
    Santa Rita do Sapucaí / MG
    Moto
    Tiger Explorer XCx
    Marca
    Triumph
    Ano
    2017
    Posts
    1.599
    Olá Edmar.
    Obrigado pelas ótimas dicas. É excelente contar com a ajuda dos mais experientes. É isso que faz o portal ser sensacional e ferramenta obrigatória para todo motociclista.

    Citação Postado originalmente por Edmar Ver Post
    Sobre hotel na Argentina, aconselho (se viável) ligar pra fazer a reserva ao invés de usar o booking. A grande maioria das vezes o preço é menor do que utilizando o aplicativo (isso é muito contraintuitivo pra mim, vai entender ). Aliás, eu sempre compro simcard em todo país que chego. Tenho uma coleção em casa já. :D
    Essa do preço ligando ser menor do que do booking é dose. Inventam um jeito da gente fazer reservas de uma forma mais rápida e barata, só para a gente descobrir que não é a mais barata! Eu reservei hotéis em Foz, Resistência, Rio Hondo e San Pedro, por que essas localidades apresentavam baixo índice de vacância. Eu gostei muito da dica de reservar o hotel um dia antes. Então eu pesquisei os hotéis na faixa de preço que pretendo pagar, listei 3 por cidade, anotando o nome, telefone e endereço. Pretendia reservar um ou dois dias antes de chegar, usando o booking. Mas com a sua dica, vou tentar ligar mesmo.

    Citação Postado originalmente por Edmar Ver Post
    Sobre lubrificação das correntes, já considerou isso? http://www.tutorobrasil.com/
    Sim, diversas vezes. O Tutoro já frequentou muito os meus carrinhos de compra, mas sempre desisto antes de fechar a compra. Acho a ideia fantástica, mas cobram um valor desproporcional por um tubinho de plástico com um êmbolo dentro e uns pedaço de mangueira. Não tive coragem de comprar até hoje, apesar de concordar que é uma praticidade enorme.

    Citação Postado originalmente por Edmar Ver Post

    Em Santiago, há uma loja/oficina de motos chamada Motomundi que recomendo caso você precise (ou mesmo só pra olhar vitrine :D).

    Mendonça merece um diazinho de passeio imho, caso caiba no seu calendário. Finca de La Linda

    Na Argentina, GoPro no capacete faz milagre pra evitar as muitas blitz policiais.

    Sobre os horários de partida, normalmente 6h é o horário que os hotéis começam a servir o café. Entre comer e armar a moto, acho que seria interessante contar com mais tempo pela manhã. Quem sabe dá uma sondada nos hotéis que você separou pra ver o horário de café da manhã deles.

    Vale o ensaio em casa pra embalar e desembalar a moto. Depois de uns 4 dias de viagem você percebe que não precisa tirar tudo, e acaba tirando o mais básico. E isso influencia como você arruma a bagagem.
    Dicas anotadas. Eu tenho flexibilidade para passar um dia em Mendonza sim! Apenas não programei isso antes, porque todo mundo só menciona os vinhos quando falam de Mendonza e, como eu não bebo, esse não era um atrativo para mim. Mas agora está claro que a cidade oferece muito mais e vou colocar um dia para aproveitar por lá!
    A loja em Santiago vai ser muito útil. Vou precisar trocar o óleo e as pastilhas traseiras por lá!
    A camera no capacete já está montada ;-) e a minha esposa já está especialista em montar e desmontar a mala. Temos inclusive uma sub-mala apenas com as coisas que iremos usar no dia de chegada do hotel!

    Citação Postado originalmente por Edmar Ver Post
    Sobre o galão de gasolina extra, tive a infelicidade de, em determinado momento da viagem, abastecer ele com gasolina batizada, que acabou corroendo o engate da tampa e vazando no baú. Só me livrei do cheiro na volta pra casa. Esse posto foi no Brasil (Santo Ângelo). Na Argentina só abasteci no YPF (excelente) e no Chile não tive esse tipo de problema.

    Na dúvida, melhor levar um remedinho pra gripe e febre. E caprichar na vitamina C pra evitar esse percalço.

    Cara, sensacional as dicas que o pessoal está passando! Acho que já me deparei com quase todas as situações que o pessoal listou aqui, desde pneu furado à lâmpada queimada! :D

    E mais uma vez, muitíssimo parabéns pelo planejamento!!! To no hype pra ler os relatos!

    Abs!
    O galão eu só pretendo enchê-lo na Argentina, uma vez que é proibido trafegar com combustível fora do tanque por aqui. Eu estou seguindo a sugestão do mecânico de verificar as lâmpadas de manhã e comprar apenas se tiver de fato alguma coisa queimada. Não pretendo rodar a noite e a moto possui faróis duplos, como os de carro, e ainda farol de neblina. Tem luz pra dedéu nesta moto e o risco de ficar no escuro completo é muito baixo.

    Quanto ao horário de saída, 6:00 é um alvo desejável, mas não vou ficar neurótico com isso não, principalmente nos dias em que a viagem for curta, com menos de 5 horas. Mas irei fazer um esforço para estar no hotel no máximo às 17h00min.

    Obrigado pelas dicas de novo!

  33. #73
    Avatar de LLM

    Data de Ingresso
    08/2015
    Localização
    Santa Rita do Sapucaí / MG
    Moto
    Tiger Explorer XCx
    Marca
    Triumph
    Ano
    2017
    Posts
    1.599
    Citação Postado originalmente por Neander Carvalho Ver Post
    LLM, comprei um protetor de carenagem igual a esse mas da Chapam e estou ansioso para instalar. Preparando a moto para o Ushuaia!!!
    Show Neander!
    Esse novo protetor da Chapam ficou muito fera! Finalmente resolveram o problema. Esse que eu tenho é excelente, mas é muito difícil comprar e a importação deixa o preço dele proibitivo.
    Depois posta as fotos do protetor e informa a gente lá no post sobre como aumentar a proteção da Tiger 800 XCx.

  34. #74
    Avatar de LLM

    Data de Ingresso
    08/2015
    Localização
    Santa Rita do Sapucaí / MG
    Moto
    Tiger Explorer XCx
    Marca
    Triumph
    Ano
    2017
    Posts
    1.599
    Citação Postado originalmente por Neander Carvalho Ver Post
    LLM, você tem facebook? Vai documentar sua viagem por lá? Se for me fala para eu acompanhar.
    Neander, eu não tenho facebook, mas a minha esposa tem e está montando um grupo/álbum/pasta ou sei lá o que para compartilhar a experiência da viagem. Vou pedir para ela te adicionar. Me mande uma MP com o seu id no facebook para ela poder te achar.

    Eu pretendo criar um post também na seção de viagens e ir atualizando sempre que possível!

  35. #75
    Avatar de LLM

    Data de Ingresso
    08/2015
    Localização
    Santa Rita do Sapucaí / MG
    Moto
    Tiger Explorer XCx
    Marca
    Triumph
    Ano
    2017
    Posts
    1.599
    Citação Postado originalmente por big lu Ver Post
    LLM...estou saindo de Porto alegre dia 4/1 rumo ao Atacama...vou usar o mesmo gps que vc,porem nao estou conseguindo os mapas da argentina e chile para o IGO...vc poderia me dar uma dica?O sygic ja esta atualizado.
    Vou te enviar uma MP daqui a pouco com as diretrizes de como arrumar os mapas!

  36. #76
    Avatar de LLM

    Data de Ingresso
    08/2015
    Localização
    Santa Rita do Sapucaí / MG
    Moto
    Tiger Explorer XCx
    Marca
    Triumph
    Ano
    2017
    Posts
    1.599
    Citação Postado originalmente por ErnaniJoppert Ver Post
    Opa, acabei de ver no post da Daiana que acabou de voltar de lá que a mochila de hidratação é item essencial, então, fica registrado aqui como dica tbm!
    Só espero que não seja tarde!
    Abraço!
    Olá Ernani. Eu tenho a mochila e ela saiu da minha lista. Usar ela com o protetor e a jaqueta é muito incomodo. Eu também não consigo beber água direito com a moto em movimento e a água fica muito quente em pouco tempo (talvez por que a minha mochila não seja tão boa). Então, eu prefiro aproveitar as minhas paradas para as fotos e abastecimento para a hidratação. Eu levo sempre dois litros de água na mala traseira e duas garrafinhas de 500ml na mala tanque. Quando paro em postos, costumo comprar água para economizar a minha reserva. Nas viagens longas que eu fiz, achei essa solução melhor do que a mochila de hidratação, embora ocupe mais espaço na bagagem.

  37. #77
    Avatar de fabao70

    Data de Ingresso
    01/2016
    Localização
    lençois / BA
    Moto
    XCX
    Marca
    Triumph
    Ano
    2015
    Posts
    63
    LLM,
    Muito bom e completo seu planejamento de viagem. Farei uma viagem semelhante (Machu Picchu e retornando por SPA) com a esposa e outro casal no início de 2017 e certamente usarei suas dicas !!
    Bons ventos para o casal !
    Acompanherei o tópico e depois espero ver algumas fotos !!
    SDS

    PS: Li que não pretende usar mapas físicos, mas vc conhece esses ?
    http://www.touratech.com.br/index.ph...roduct_id=1087
    Última edição por fabao70; 23/12/2016 às 12:31 AM.

  38. #78
    Avatar de LLM

    Data de Ingresso
    08/2015
    Localização
    Santa Rita do Sapucaí / MG
    Moto
    Tiger Explorer XCx
    Marca
    Triumph
    Ano
    2017
    Posts
    1.599
    Citação Postado originalmente por fabao70 Ver Post
    LLM,
    Muito bom e completo seu planejamento de viagem. Farei uma viagem semelhante (Machu Picchu e retornando por SPA) com a esposa e outro casal no início de 2017 e certamente usarei suas dicas !!
    Bons ventos para o casal !
    Acompanherei o tópico e depois espero ver algumas fotos !!
    SDS

    PS: Li que não pretende usar mapas físicos, mas vc conhece esses ?
    http://www.touratech.com.br/index.ph...roduct_id=1087
    Olá Fabao.
    Esse mapas parecem ser bem úteis. Será que dá para encontrar em livrarias?
    Se eu achar numa Saraiva, posso até considerar a possibilidade.
    Boa dica!

    Enviado de meu LG-H815 usando Tapatalk

  39. #79
    Avatar de fabao70

    Data de Ingresso
    01/2016
    Localização
    lençois / BA
    Moto
    XCX
    Marca
    Triumph
    Ano
    2015
    Posts
    63
    Acho muito difícil encontrar mapas físicos em livrarias. Já tentei na saraiva, na cultura, em aeroportos, etc. Podem ser achados (semelhantes) em postos de combustíveis na ARG e Chile.....Vou me informar mais !!

  40. #80
    Avatar de MJT

    Data de Ingresso
    11/2013
    Localização
    Curitiba / PR
    Moto
    F800GS
    Marca
    BMW
    Ano
    2013
    Posts
    997
    Achei mapas excelentes da National Geographic na livraria Cultura , inclusive o papel é resistente à água!



    Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
    MJT - Marcio

Página 2 de 11 PrimeiroPrimeiro 123456 ... ÚltimoÚltimo

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •