Resultados 1 a 6 de 6

Tópico: F850GS - Impressões após 1.000 Km

  1. #1
    Avatar de JuniorNM

    Data de Ingresso
    01/2016
    Localização
    Campinas / SP
    Moto
    F800GS
    Marca
    BMW
    Ano
    2013
    Posts
    30

    F850GS - Impressões após 1.000 Km

    Pessoal resolvi escrever esse tópico por conta da moto ainda ser muito nova e existirem poucos relatos e vídeos na internet da versão brasileira dessa moto. A ideia é mostra aqui o que gostei, e o que não gostei sobre essa moto. Vale lembra que estou avaliando a versão Premium TFT.

    Vou começar por um assunto controverso, a altura da bolha. Muitos revises dizem que a bolha é insuficiente e que deveria ser trocada por uma bolha mais alta. Eu vim de uma F800GS que tinha a bolha original e depois adaptei a bolha da Adventure. Tenho 1,77 de altura e ao contrário do que acontecia na F800 que o vento entrava por baixo do capacete, dando a impressão que iria arrancá-lo da cabeça (daí o upgrade para a bolha da Adventure), a F850GS, apesar a bolha baixa não causa isso, digo que para a minha altura a bolha é muito eficiente o vento acaba passando bem na para-te de cima do capacete permitindo que as entradas de ar funcionem bem (tinha essa dificuldade após o upgrade da 800) o capacete não fica balançando, é fácil de movimentar a cabeça, enfim a bolha não é uma peça que pretendo mexer na moto como fiz na F800GS.

    O painel TFT e show, na minha opinião, a BMW tem o design mais bonito e funcional de todas as motos com esse tipo de painel (Triumph, KTM, Ducati, etc.) mas como toda a tecnologia nova, nem tudo são flores. O painel demora muito para atualizar a agenda de telefone, é essa demora não é consistente, às vezes leva 1 minuto e em outros momentos demorou mais de 15 min. Os favoritos, simplesmente não habilita então você tem que procurar na agenda inteira para ligar para a sua esposa por exemplo, além da moto na respeitar as configurações do telefone e sempre apresentar a agenda ordenada por “sobrenome e nome” o trona ainda mais difícil encontrar quem você está procurando. O telefone quem que estar próximo do painel para funcionar bem, no bolso lateral da bermuda, já começa a apresentar falhas de conexão. O painel é muito fácil e intuitivo de controlar, muito mais simples que o da Triumph por exemplo.

    O banco, ahh o banco, MELHOROU MUITO, apesar da moto ser mais alta em comparação com a F800GS (lado a lado altura dos faróis e da lanterna traseira) o banco ficou mais baixo o que passa mais segurança, também ficou bem mais confortável em relação a 800, mas ainda não é o banco da Tiger 800 Xca em termos de conforto.

    A suspensão é excelente, mesmo tendo regulagens só na traseira, o dinamic ESA é show. No começo achei um pouco mais macia que a 800 no modo road, mas ao colocar no modo dinamic, fica mais firme. Muito bom.

    O motor, deixei esse por último por ser o item mais controverso dessa moto. Passou de 85 para 80 cv em relação a 800, no entendo, a moto surpreende. Nas ultrapassagens, é só acelerar, a moto tem potência de sobra (1 passageiro e com pouca bagagem) para ultrapassar com segurança. O motor entrega mais com menos rotação então da até a impressão de ser mais potente que a antiga 800. Enfim para o meu estilo é para o que gosto de fazer, está muito bom se tivesse os 95 cv da versão europeia é claro que seria melhor, mas ainda assim é muito bom. Em comparação com a Tiger 800, a potencia aparece bem antes o que me agrada. Minha única reclamação sendo a BMW ter retirado o Shift Assist Pro (quick shifter) nem razão nenhuma, só para economizar custo e vender como acessório por 4.500 reais.

    Bom, essas foram minhas primeiras impressões, fiquem a vontade em fazer perguntas se precisar.






    Sent from my iPhone using Tapatalk

  2. #2
    Avatar de diogomail

    Data de Ingresso
    03/2014
    Localização
    Maceió / AL
    Moto
    R1200GS Premium+
    Marca
    BMW
    Ano
    2017
    Posts
    1.106
    Citação Postado originalmente por JuniorNM Ver Post
    Pessoal resolvi escrever esse tópico por conta da moto ainda ser muito nova e existirem poucos relatos e vídeos na internet da versão brasileira dessa moto. A ideia é mostra aqui o que gostei, e o que não gostei sobre essa moto. Vale lembra que estou avaliando a versão Premium TFT.

    Vou começar por um assunto controverso, a altura da bolha. Muitos revises dizem que a bolha é insuficiente e que deveria ser trocada por uma bolha mais alta. Eu vim de uma F800GS que tinha a bolha original e depois adaptei a bolha da Adventure. Tenho 1,77 de altura e ao contrário do que acontecia na F800 que o vento entrava por baixo do capacete, dando a impressão que iria arrancá-lo da cabeça (daí o upgrade para a bolha da Adventure), a F850GS, apesar a bolha baixa não causa isso, digo que para a minha altura a bolha é muito eficiente o vento acaba passando bem na para-te de cima do capacete permitindo que as entradas de ar funcionem bem (tinha essa dificuldade após o upgrade da 800) o capacete não fica balançando, é fácil de movimentar a cabeça, enfim a bolha não é uma peça que pretendo mexer na moto como fiz na F800GS.

    O painel TFT e show, na minha opinião, a BMW tem o design mais bonito e funcional de todas as motos com esse tipo de painel (Triumph, KTM, Ducati, etc.) mas como toda a tecnologia nova, nem tudo são flores. O painel demora muito para atualizar a agenda de telefone, é essa demora não é consistente, às vezes leva 1 minuto e em outros momentos demorou mais de 15 min. Os favoritos, simplesmente não habilita então você tem que procurar na agenda inteira para ligar para a sua esposa por exemplo, além da moto na respeitar as configurações do telefone e sempre apresentar a agenda ordenada por “sobrenome e nome” o trona ainda mais difícil encontrar quem você está procurando. O telefone quem que estar próximo do painel para funcionar bem, no bolso lateral da bermuda, já começa a apresentar falhas de conexão. O painel é muito fácil e intuitivo de controlar, muito mais simples que o da Triumph por exemplo.

    O banco, ahh o banco, MELHOROU MUITO, apesar da moto ser mais alta em comparação com a F800GS (lado a lado altura dos faróis e da lanterna traseira) o banco ficou mais baixo o que passa mais segurança, também ficou bem mais confortável em relação a 800, mas ainda não é o banco da Tiger 800 Xca em termos de conforto.

    A suspensão é excelente, mesmo tendo regulagens só na traseira, o dinamic ESA é show. No começo achei um pouco mais macia que a 800 no modo road, mas ao colocar no modo dinamic, fica mais firme. Muito bom.

    O motor, deixei esse por último por ser o item mais controverso dessa moto. Passou de 85 para 80 cv em relação a 800, no entendo, a moto surpreende. Nas ultrapassagens, é só acelerar, a moto tem potência de sobra (1 passageiro e com pouca bagagem) para ultrapassar com segurança. O motor entrega mais com menos rotação então da até a impressão de ser mais potente que a antiga 800. Enfim para o meu estilo é para o que gosto de fazer, está muito bom se tivesse os 95 cv da versão europeia é claro que seria melhor, mas ainda assim é muito bom. Em comparação com a Tiger 800, a potencia aparece bem antes o que me agrada. Minha única reclamação sendo a BMW ter retirado o Shift Assist Pro (quick shifter) nem razão nenhuma, só para economizar custo e vender como acessório por 4.500 reais.

    Bom, essas foram minhas primeiras impressões, fiquem a vontade em fazer perguntas se precisar.






    Sent from my iPhone using Tapatalk
    Obrigado por compartilhar essas informações. Tenho visto vários reviews dessa moto e os pontos positivos tem se destacado. Muitos usuários relatam que o motor é uma agradável surpresa mesmo com a cavalaria menor.
    Sobre o painel, simplesmente fantástico. Vi um de perto e empolga. Um detalhe curioso é que tem um sujeito dono de uma R1200GS painel TFT que relata que seu painel apresentou problemas. A solução dada pela concessionária/fábrica foi a troca integral de toda a motocicleta. Está relatado tudo no YouTube, mas não consegui localizar novamente. Acho que o painel é mais caro que toda a moto .
    Boas estrada com a máquina e continue alimentando esse tópico com as impressões.

    Abs,

    Diogo Emanuel Maia Tapatalk Pro
    Diogo Emanuel Maia

  3. #3
    Avatar de Eduardo Caborteiro

    Data de Ingresso
    03/2014
    Localização
    Porto Alegre / RS
    Moto
    DL 650 A V-Strom
    Marca
    Zuzuki
    Ano
    17/18
    Posts
    4.149
    Essa questão dos contatos telefônicos no painel pode ter certeza que, em dado momento, a BMW disponibilizará uma atualização para corrigir.

    De resto fica a certeza de que 80cv são mais do que suficientes. Deve entregar isso e bastante torque a giro bem mais baixo do que os 85cv das 800.

    No mundo normal (ideal) ela é mais prazerosa de pilotar e até anda mais. Se chega a ótimos números de potência e torque sem grande esfirço.

    A 800 ganharia numa "briga" em autódromo, onde se anda sempre no limite para extrair o máximo, independente da condição que se necessite para extrair esse máximo.
    sou ninja

  4. #4
    Avatar de Baddan

    Data de Ingresso
    12/2012
    Localização
    Curitiba / PR
    Moto
    F800 GS
    Marca
    BMW
    Ano
    2015
    Posts
    2.261
    Citação Postado originalmente por JuniorNM Ver Post
    Pessoal resolvi escrever esse tópico por conta da moto ainda ser muito nova e existirem poucos relatos e vídeos na internet da versão brasileira dessa moto. A ideia é mostra aqui o que gostei, e o que não gostei sobre essa moto. Vale lembra que estou avaliando a versão Premium TFT.

    Vou começar por um assunto controverso, a altura da bolha. Muitos revises dizem que a bolha é insuficiente e que deveria ser trocada por uma bolha mais alta. Eu vim de uma F800GS que tinha a bolha original e depois adaptei a bolha da Adventure. Tenho 1,77 de altura e ao contrário do que acontecia na F800 que o vento entrava por baixo do capacete, dando a impressão que iria arrancá-lo da cabeça (daí o upgrade para a bolha da Adventure), a F850GS, apesar a bolha baixa não causa isso, digo que para a minha altura a bolha é muito eficiente o vento acaba passando bem na para-te de cima do capacete permitindo que as entradas de ar funcionem bem (tinha essa dificuldade após o upgrade da 800) o capacete não fica balançando, é fácil de movimentar a cabeça, enfim a bolha não é uma peça que pretendo mexer na moto como fiz na F800GS.

    O painel TFT e show, na minha opinião, a BMW tem o design mais bonito e funcional de todas as motos com esse tipo de painel (Triumph, KTM, Ducati, etc.) mas como toda a tecnologia nova, nem tudo são flores. O painel demora muito para atualizar a agenda de telefone, é essa demora não é consistente, às vezes leva 1 minuto e em outros momentos demorou mais de 15 min. Os favoritos, simplesmente não habilita então você tem que procurar na agenda inteira para ligar para a sua esposa por exemplo, além da moto na respeitar as configurações do telefone e sempre apresentar a agenda ordenada por “sobrenome e nome” o trona ainda mais difícil encontrar quem você está procurando. O telefone quem que estar próximo do painel para funcionar bem, no bolso lateral da bermuda, já começa a apresentar falhas de conexão. O painel é muito fácil e intuitivo de controlar, muito mais simples que o da Triumph por exemplo.

    O banco, ahh o banco, MELHOROU MUITO, apesar da moto ser mais alta em comparação com a F800GS (lado a lado altura dos faróis e da lanterna traseira) o banco ficou mais baixo o que passa mais segurança, também ficou bem mais confortável em relação a 800, mas ainda não é o banco da Tiger 800 Xca em termos de conforto.

    A suspensão é excelente, mesmo tendo regulagens só na traseira, o dinamic ESA é show. No começo achei um pouco mais macia que a 800 no modo road, mas ao colocar no modo dinamic, fica mais firme. Muito bom.

    O motor, deixei esse por último por ser o item mais controverso dessa moto. Passou de 85 para 80 cv em relação a 800, no entendo, a moto surpreende. Nas ultrapassagens, é só acelerar, a moto tem potência de sobra (1 passageiro e com pouca bagagem) para ultrapassar com segurança. O motor entrega mais com menos rotação então da até a impressão de ser mais potente que a antiga 800. Enfim para o meu estilo é para o que gosto de fazer, está muito bom se tivesse os 95 cv da versão europeia é claro que seria melhor, mas ainda assim é muito bom. Em comparação com a Tiger 800, a potencia aparece bem antes o que me agrada. Minha única reclamação sendo a BMW ter retirado o Shift Assist Pro (quick shifter) nem razão nenhuma, só para economizar custo e vender como acessório por 4.500 reais.

    Bom, essas foram minhas primeiras impressões, fiquem a vontade em fazer perguntas se precisar.






    Sent from my iPhone using Tapatalk
    E o consumo Júnior?
    Quanto na estrada e quanto na cidade?
    A autonomia?

    Ah, e se vc fizer off road, anda melhor no off?
    Feliz do homem que possui uma moto, ele pode viajar, ver paisagens e entender a si próprio.
    "Moto: Uma paixão sem destino!"

  5. #5
    Avatar de JuniorNM

    Data de Ingresso
    01/2016
    Localização
    Campinas / SP
    Moto
    F800GS
    Marca
    BMW
    Ano
    2013
    Posts
    30
    Citação Postado originalmente por Baddan Ver Post
    E o consumo Júnior?
    Quanto na estrada e quanto na cidade?
    A autonomia?

    Ah, e se vc fizer off road, anda melhor no off?

    Na minha tocada está fazendo em média no uso misto 20 km/l, como base de comparação a minha F800 fazia 18 km/l

    Andei um pouco no off, mas ainda não consigo avaliar a experiência, mas acredito ser melhor pq na 800 tinha que desligar totalmente o controle de tração e o ABS e aqui tem os modos de pilotagem ENDURO e ENDURO PRO.


    Sent from my iPhone using Tapatalk

  6. #6
    Avatar de dperin

    Data de Ingresso
    01/2015
    Localização
    Sao Paulo / SP
    Moto
    f850gs premium
    Marca
    bmw
    Ano
    2019
    Posts
    4
    Oi Junior, legal sua analise.
    Possuo uma Premium (a verde) entao nao tenho o modo Enduro Pro (Road, Enduro, Rain e Dynamique) o Rain ja usei bastante e gostei, o enduro ainda nao.
    fiz a revisao dos 1000 semana passada, o que posso acrescentar é que sinto aquecer muito ali proximo a meus pes e coxas, na 800 que eu tinha (2012) era bem menos.
    tb achei que anda mais mesmo com essa pequena variacao em hp, sinto que na pratica o torque aumentou. nao sei se 'e meu medo (ha dois meses tive uma queda e fraturei algumas costelas e muitos arranhados) mas sinto a 2012 mais manobravel no transito que esta.
    comprei o protetor de motor da Scam e pafrece bem rigido. ando a procura de protetor de farol em acrilico e de manoplas.
    da scam e givi ja vi la na Adao Metais os suportes para bau lateral e tb de alforge, foi lA que instalei meu bau e protetor motor

    semana que vem vou pra foiz (nao na moto, uma pena) e vou procurar alguns acessorios, se alguem puder auxiliar indicando loojas confiaveis agradeco desde ja! roupa, capacete, intercomunicador e milha led 'e o meu foco

    abracos!!

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •