Menu

portalbigtrails.com.br/forum

 
 

Sidnei Azevedo, da Scam, fala sobre os lançamentos da marca para as Big Trails

Em entrevista exclusiva para o Portal BigTrails, Sidnei Azevedo, explica como surgiu a Scam e quais os próximos passos da empresa.

1 - Como e quando surgiu Scam?

A empresa foi fundada em 22.08.1994. A princípio fabricávamos apenas móveis tubulares (camas). Passamos a produzir depois cadeiras e mesas Linha Branca, o que deu experiência e segurança para investirmos e começarmos a trabalhar com materiais mais sofisticados. Passamos a produzir banquetas, cadeiras e mesas com acabamento cromado.

Criamos a marca Scam Móveis que até hoje atende lojistas e consumidores finais. Dentre os clientes está o Grupo Boticário, o qual atendemos com uma linha exclusiva de banquetas para abastecer as lojas da rede. 

Em 2010 desenvolvemos o processo de fundição de suportes em Liga Leve, com maior durabilidade e resistência. O processo está devidamente registrado junto ao INPI. Passamos então a produzir também na fábrica peças para motos de baixa cilindrada. O primeiro projeto foi desenvolvido para uma moto CB300. Hoje contamos com uma série de modelos e marcas na lista onde são produzidos suportes para bauletos, alças e guidão tudo em liga Leve. Nasceu aí a Scam Moto Parts.

Em 2013 vimos um novo nicho de mercado e começamos o estudo e desenvolvimento de peças para motos linha Big Trail. A venda só começou a ser feita em maio de 2014, depois dos testes e ajustes que foram necessários para deixar os produtos da melhor maneira possível.

Hoje temos em linha de produção mais de 150 itens, entre Scam Moveis e Scam Moto Parts, e o número só vem crescendo a cada novo projeto finalizado.

2 – Qual o diferencial dos acessórios Scam para a concorrência?

Qualidade e funcionalidade.  O produto deve funcionar bem a que se destina.  A preocupação em lançar sempre o melhor produto no mercado começa na elaboração de cada peça, no cuidado com os encaixes precisos, na escolha de matéria prima normatizada e certificada indo até a embalagem que garanta que tudo chegue em perfeito estado ao cliente.

3 – Como a Scam tem acompanhado o crescimento do número de modelos bigtrail?

Esse é um ponto que estamos aprendendo a trabalhar. As mudanças de pequenos detalhes na moto, na versão de um ano para o outro, gera ajustes constantes e alterações nas peças, uma vez que nossa preocupação foi desenvolver produtos que se encaixem nos furos já existentes na moto e não fazer nenhum furo no chassi para não alterar a moto ou desvalorizá-la. A alternativa que encontramos com o crescente número de novos modelos lançados pelas fábricas é trabalhar com os modelos conforme a demanda.

4 – Qual a relação da empresa com os consumidores finais? Existe um canal de comunicação direto?

Estamos sempre abertos a ouvir sugestões, queixas e dicas de melhorias. Procuramos solucionar os problemas assim que aparecem. Nas redes sociais e no próprio site da empresa temos espaço para o cliente manifestar críticas e elogios. Isso melhora nosso trabalho e nos motiva a continuar produzindo.

5 – Pretendem produzir baús e baluetos de alumínio?

Estamos em estudo. Não há nada de concreto no momento. Lançar um produto no mercado requer uma série de cuidados para poder gerar um bom resultado.  Modelos, encaixes, testes, matéria prima adequada, processo de produção e tudo isso pensando num custo viável para o consumidor final. Tem muita coisa envolvida até viabilizar o projeto.

6 – Quais serão os próximos lançamentos da marca no mercado nacional?

Por enquanto há muita coisa a ser feita na Linha Big Trail. Cada marca/modelo exige um tipo específico de peça e é nisso que estamos trabalhando no momento. Sempre estará sendo lançado algo novo para suprir uma necessidade específica. Por exemplo, desenvolvemos agora três itens novos, que ainda não havia sido feito para outros modelos: o Protetor de Cardan, o Protetor de ABS e o Ampliador de base (pé de apoio da moto) - super importante para grandes motos, para que o pé não afunde em terrenos muito moles, provocando o tombamento da moto - desenvolvidos agora para a  Yamaha Ténéré 1200 e em breve disponível para venda no nosso site.

7 - Como você enxerga o atual mercado de big trails?

Em crescimento e com muito trabalho a ser feito.

 

 

8 - Quais são as apostas da Scam para o futuro?

Não perder o foco na qualidade e investir em melhorias constantes na produção.

voltar ao topo

Fórum