Menu

portalbigtrails.com.br/forum

 

Honda CRF 1000L Africa Twin chega ao Brasil

A Africa Twin estará disponível a partir de dezembro nas versões Africa Twin e Africa Twin Travel Adv (com bauletos).

A fabricante japonesa Honda anuncia o lançamento da aventureira CRF 1000L Africa Twin no mercado brasileiro. A nova big trail da marca resgata o perfil histórico da antecessora (XRV 650V), considerada um ícone década de 1980. 

A nova CRF1000L Africa Twin chega aos concessionários da marca japonesa a partir de dezembro nas versões Africa Twin e Africa Twin Travel Adventure (com bauletos) e no esquema de cores Vermelho, inspirado nas CRF´s Rally com preço público sugerido em R$ 64.900 e Branca (Tricolor inspiradas nas tonalidades da HRC), com preço público sugerido de R$ 74.900.

O conceito Go Anywhere define a essência da nova Honda CRF1000L Africa Twin, que traz na dianteira uma carenagem frontal esguia, integrada a um para-brisa, com regulagem de altura para facilitar as viagens. Já o conjunto óptico duplo e luzes de direção têm lâmpadas LED, traz mais luminosidade, eficiência e durabilidade. 

Destaque ainda para as carenagens da bengala, utilizadas em modelos da década de 1980. O painel de instrumentos é digital, em LCD, com dois mostradores generosos. As informações estão dispostas verticalmente, assim como ocorre nos modelos de rali. 

A parte de cima do mostrador apresenta todas as informações de velocidade, rotação do motor e relativas ao combustível. Na parte inferior aparecem o hodômetro, relógio, computador de bordo e indicadores de marcha, temperatura ambiente e combustível.

O assento da CRF 1000L Africa Twin está a 870 mm do solo, mas os motociclistas mais baixos podem diminuir essa altura em 20 mm, fixando-o em 850 mm em seu ponto mais baixo. Em termos de postura, o piloto fica com um posicionamento mais alto dos braços em relação ao guidão e o ajuste das pernas é mais próximo às laterais do tanque de combustível, com capacidade de 18,8 litros (3,6 litros de reserva). 

A CRF 1000L Africa Twin apresenta uma altura livre do solo de 250mm, podendo enfrentar diferente tipos de terrenos. Para os mais aventureiros, há espaço de sobra para as bagagens, além de total conforto para o garupa. Alças, apoios e pontos de fixação para malas e bauletos garantem uma viagem muito mais prática e prazerosa. 

Há também a ativação do controle de tração HSTC (Honda Selectable Torque Control). Neste sistema é possível selecionar quatro níveis de controle: 1, 2, 3 e Off (desligado). A intensidade diminui à medida que os níveis aumentam, permitindo quantidades crescentes de derrapagens da roda traseira. 

Com forte inspiração no conceito off-road, a posição do escapamento é elevado, graças ao sistema de exaustão com acabamento especial, concebido graças à tecnologia CAE (Computer Aided Engineering), com o objetivo de melhorar a sonoridade e a sensação oferecida pelo funcionamento do motor. Com uma nota acústica refinada, uma das câmaras internas cria um som leve e vivo gerado pela alta rotação do motor, enquanto a outra oferece a tonalidade perfeita do som de um bicilíndrico de elevada cilindrada. Na sessão intermediária, o escape conta com uma proteção exclusiva que protege o garupa do calor e reforça o visual arrojado. A traseira segue com rabeta alongada e levemente elevada, onde está o sistema full LED para luzes de freio e direção. 

Totalmente novo e exclusivo, o motor da CRF 1000L Africa Twin é um bicilíndrico, com pistões em paralelo e movido a gasolina, com deslocamento de 999,1 cm³, comando Unicam, quatro válvulas por cilindro nos cabeçotes e virabrequim a 270º. Possui curva de potência linear e direta, oferecendo uma condução de excelente performance e acessível tanto em baixas quanto em média rotações. A cilindrada de 999,1cm³ forma um equilíbrio perfeito entre potência, torque e baixo peso, especialmente quando é exigida a partir da imobilidade. 

Outra grande vantagem desse novo motor é que sua concepção permitiu uma melhor centralização de massas, com consequente centro de gravidade mais baixo. Resultado do desenvolvimento dos programas de competição da HRC (Honda Racing Corporation) com os modelos das linhas CRF 250 e CRF 450. 

Compacto e potente, oferece força para a pilotagem no fora-de-estrada, conforto para viagens mais longas em grandes rodovias e agilidade para o uso diário dentro dos grandes centros urbanos. A injeção programada de combustível PGM-FI, duas velas por cilindro e a ignição de comando duplo e sequencial permitem obter uma combustão perfeita. São 90,2 cv a 7.500 rpm de força com torque de 9,3 kgfm a 6.000 rpm. 

Combinar estes atributos criou um desafio a mais para os engenheiros de desenvolvimento da Honda. O resultado foi um chassi de aço com berço semiduplo (semelhante ao usado na CFR 450R Rally) e subframe traseiro também do mesmo material, com boas respostas a torções e rigidez estrutural. Todo o projeto foi desenvolvido de forma a concentrar o peso dos componentes da motocicleta o mais centralizado possível, privilegiando seu equilíbrio dinâmico e agilidade durante as manobras e na pilotagem.

As rodas da CRF 10000L Africa Twin seguem visual com apelo off-road, inspirado em sua antecessora. Produzidos em alumínio, possuem estrutura raiada e contam com pneus 90/90-21 (dianteiro) e 150/70-18 (traseiro). A caixa de seis velocidades conta com novo design, e transmissão final feita por corrente. Com relação mais curta, oferece respostas rápidas e mais agilidade. A nova CRF1000L Africa Twin atende a todas as normas de emissão de poluentes, como a segunda fase do PROMOT 4 (Programa de Controle da Poluição de Motociclos e Veículos Similares). 

Na frente, a suspensão possui garfo invertido com curso de 230 mm e possibilidade de ajustes de acordo com o tipo de uso e perfil de pilotagem. A suspensão traseira é do tipo monoamortecida da Pró-Link da Showa, com curso de 220 mm e opções de ajustes na pré-carga da mola. A bengala em alumínio propicia baixo peso com ótima absorção de impactos. O freio dianteiro possui disco duplo de 310 mm e pinças radiais de quatro pistões (dianteira).

Na traseira o disco é simples de 256 mm, derivado da CRF 450 Rally, com nova furação e formato para oferecer uma frenagem mais segura. Outra novidade exclusiva do modelo são os cubos dos discos de freio, agora fundidos em alumínio, que contribuíram na redução de peso. O sistema ainda está equipado com freios ABS (anti-travamento), que traz maior segurança principalmente em pisos escorregadios e pode ser ligado/desligado apenas na roda traseira.

Fabricada em Manaus (AM) a nova CRF1000L Africa Twin conta ainda com três anos de garantia, além do serviço Honda Assistance 24h, que garante assistência durante todo o período de vigência da garantia em território brasileiro, assim como na Argentina, Chile, Uruguai e Paraguai.

 

voltar ao topo

Fórum